Um pequeno guia para Milton Friedman

Um pequeno guia para Milton Friedman

24 de novembro de 2017

Foto por The Friedman Foundation for Educational ChoiceFoto por StefanoRR

Uma sociedade que coloca a igualdade à frente da liberdade terminará sem as duas.  Uma sociedade  que coloca a liberdade antes da igualdade terá ambas em grande medida. ” – Milton Friedman

Quem é Milton Friedman?

Milton Friedman (1912-2006) foi um dos economistas mais influentes da segunda metade do século 20 e um defensor público dos livres mercados.

Como o líder da Chicago School of monetary economics, ele reavivou o interesse pela teoria quantitativa da moeda, que salienta a importância da quantidade de dinheiro como um instrumento de política governamental e como determinante dos ciclos econômicos e da inflação.

Ele foi consultor econômico de Ronald Reagan e Richard Nixon e suas ideias sobre as políticas monetárias e fiscal, sobre a privatização e a desregulamentação, tiveram uma profunda influência sobre a política do governo na década de 1980. Ao longo de sua vida, seu trabalho foi caracterizado por um desejo de simplicidade e pela crença de que, em geral, os indivíduos podem determinar melhor o que é bom para eles.

Por que Milton Friedman importa?

Economista ganhador do Prêmio Nobel, Friedman deixou um legado impressionante de teoria econômica e prescrições para políticas públicas. Suas obras, como o inovador Uma História Monetária dos Estados Unidos (escrito com Anna Schwartz), revolucionaram a organização de bancos centrais ao redor do mundo. Desafiando os fundamentos teóricos da curva de Phillips – que relacionava o aumento da taxa de juros para combatera inflação com um aumento no desemprego – e prevendo a estagflação, ele teve uma influência substancial sobre os economistas.

Seus escritos populares lançaram uma poderosa influência também sobre os que não são economistas, desafiando o consenso da época em favor do aumento da intervenção estatal na economia.  Friedman demoliu a crença popular de que o capitalismo do laissez-faire foi injusto e ineficiente com uma retórica clara e linguagem acessível. Enquanto muitos de seus pontos de vista foram vistos como utópicos e estranhos na época, um número substancial de suas ideias ganharam aceitação geral atualmente, incluindo o casamento gay, a legalização das drogas, e voucher para escolas.

Ele foi fundamental para acabar com o serviço militar obrigatório e o seu imposto de renda negativo pode ser visto hoje sob a forma de Earned Income Tax Credit.

Se você puder ler apenas uma coisa de Milton Friedman

Possivelmente o mais  importante livro de economia da década de 1960, “Capitalismo e Liberdade”  defende mercados relativamente livres para o público em geral. Nele, Friedman defende um exército de voluntários, taxas de câmbio livremente flutuantes, abolição do licenciamento para médicos, imposto de renda negativo, e vouchers para a educação. Muito bem escrito e facilmente digerível, este livro continua inspirando jovens de todo o mundo a estudar economia.

Principais obras de Milton Friedman

Saber mais sobre Milton Friedman


Pequenos Guias para Grandes Ideias é a mais nova série educacional do SFLB. Cada post é uma introdução a um importante pensador libertário, escrito para dar aos alunos com mentes abertas, um ponto de partida. Estes guias são entendidas como amostras, não resumos, das grandes mentes que contribuíram para as ideias de liberdade. Convidamos o objetivista Roberto Rachewsky para escrever esse pequeno guia. 

Este artigo não necessariamente representa a opinião do SFLB. O SFLB tem o compromisso de ampliar as discussões sobre a liberdade, representando uma miríade de opiniões. Se você é um estudante interessado em apresentar sua perspectiva neste blog, envie um email para [email protected] e [email protected]

Volte para o blog

X